Inverno começa nesta quarta-feira; estação tem previsão de chuvas espaçadas, La Niña e geada no RS

  • 20/06/2024
(Foto: Reprodução)
Há maior possibilidade de nevar e gear em regiões altas do estado em comparação com o ano passado. Chegada do fenômeno La Niña deve intensificar temperaturas baixas. Geada em São José dos Ausentes Anápio Pereira/Arquivo pessoal O solstício de inverno no hemisfério sul nesta quarta-feira (21), às 17h51, marca o início de um período de chuvas, o fenômeno La Niña e geada no Rio Grande do Sul . A mudança em relação ao cenário visto nas enchentes de maio é que, apesar de haver previsão de grandes volumes, eles serão espaçados, segundo a Climatempo. 📲 Acesse o canal do g1 RS no WhatsApp "A chuva vai continuar caindo sobre grande parte do Rio Grande do Sul até, pelo menos, dia 25 de junho. Isso porque nós teremos uma combinação de ventos em vários níveis da atmosfera que formam essas nuvens de temporal, principalmente sobre a região de Santa Maria, São Luís Gonzaga, região da Serra e também a Região Metropolitana de Porto Alegre. Nessas áreas tem alerta de temporal e a quantidade de água pode causar novos alagamentos em algumas regiões", afirma Alana Gabriele Lopes Araújo, meteorologista da Climatempo. Primeiro dia do Inverno deve ter tempo instável no RS As chuvas, que devem ocorrer ao longo de todo o período do inverno 2024, estão relacionadas a bloqueios atmosféricos na Região Central e Leste do país, porém devem perder força com a chegada do fenômeno La Niña, em julho. No Brasil, o La Niña é responsável por deixar as regiões Norte e Nordeste mais chuvosas, mas menos frequentes no Sul. Também influencia em temperaturas mais amenas e o clima mais seco no Sudeste e no Centro-Oeste. Entre julho e setembro, as chuvas ficarão um pouco abaixo da média no oeste e norte do Rio Grande do Sul. No entanto, os volumes de precipitação serão mais elevados que o normal em algumas áreas específicas: em julho, o sul e leste do RS podem esperar chuvas acima da média. Já em agosto, essa condição se estende para o leste dos três estados do Sul. Temperaturas Além das chuvas, as temperaturas também devem variar significativamente. As áreas do sul e oeste do Rio Grande do Sul devem registrar temperaturas um pouco abaixo da média entre julho e agosto, devido à frequente chegada de ar frio polar à região. Esse fenômeno de ar frio será especialmente notável no RS entre agosto e setembro, trazendo temperaturas mais baixas com maior frequência. Há uma maior probabilidade de ocorrência de neve e geada nas regiões mais elevadas do RS em relação a 2023. VÍDEOS: Tudo sobre o RS

FONTE: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2024/06/20/inverno-comeca-nesta-quarta-feira-estacao-tem-previsao-de-chuvas-espacadas-la-nina-e-geada-no-rs.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Anunciantes